Inauguração da nova sede do Secretariado Nacional da OFS do Brasil com Reabertura da Igreja de São Francisco da Prainha-RJ

ofs brasilPara alegria dos devotos de São Francisco de Assis que aguardaram com fé durante anos e também dos admiradores do conjunto arquitetônico de imóveis históricos da Região Portuária da Cidade do Rio de Janeiro, foi reinaugurada, na terça-feira 07/07/2015, uma das igrejas mais antigas, a de São Francisco da Prainha, no Adro de São Francisco, no Morro da Conceição, Saúde. Tombada desde 1938 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Nacional (Iphan) como monumento artístico, o templo encontrava-se fechada há desde 2004 devido a problemas de conservação.

Nos últimos dois anos, o a igreja passou por uma restauração promovida pelo programa Porto Maravilha Cultural, coordenado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), que prevê investimentos na valorização do patrimônio material e imaterial local. Segundo dados da Prefeitura da Cidade o Rio de Janeiro, foram gastos R$ 2,9 milhões no restauro que trocou pisos, forros e coberturas, e recuperou as pedras de cantaria (rocha bruta talhada manualmente).

A missa solene de reabertura foi presidida pelo cardeal Dom Orani João Tempesta, arcebispo da Cidade do Rio de Janeiro e concelebrada pelo padres Wagner Toledo, Vigário Episcopal do Vicariato Urbano, Luís Maurício Telles, Vigário da 3ª Forania do Vicariato Urbano, e dos frades Gilmar José da Silva, OFM, Roger Brunório, OFM e Edcarlos Mário Hoffman, OFMCap. A celebração contou ainda com a presença do prefeito Eduardo Paes, do ministro nacional da Ordem Franciscana Secular do Brasil (OFS), Antônio Benedito Jesus da Silva Bitencourt, irmãos das fraternidades vinculadas à OFS e devotos do Santo de Assis.

Em sua homilia, Dom Orani lembrou que a restauração da Igreja de São Francisco recupera também parte da história do Brasil, uma vez que foi na região que chegaram, no Cais do Valongo, os navios com pessoas escravizadas, além de ser o local onde a cidade do Rio foi criada. Para o cardeal, sempre que um espaço como esse ganha vida e volta a ser frequentado pelas pessoas, a fé também se renova na sua mais grata concepção, manifestando a sua felicidade em ver restaurado um lugar tão bonito, que simboliza a paz e a meditação.

Dom Orani também anunciou que na igreja funcionará o secretariado nacional da OFS, de onde serão as orientações para todos os franciscanos seculares, e espera que a recuperação dessa memória ajude a recuperar também os valores que levam as pessoas a terem o mesmo espírito de Jesus Cristo de fazer o bem.

No final da celebração, o prefeito Eduardo Paes destacou que o trabalho de recuperação do patrimônio histórico da região é um compromisso de preservar a identidade e memória da cidade aliado à modernização. O trabalho já identificou o Cais do Valongo e os Jardins Suspensos do Valongo, região de intenso tráfico de escravos negros trazidos da África, cuja memória histórica nos envergonha, mas que não pode ser esquecida.

História

Construída em 1696 pelo Padre Francisco da Motta e doada em testamento à Ordem Terceira de São Francisco da Penitência em 1704, a igreja é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como monumento artístico. A reconstrução tornou-se tradição desde que a primeira capela foi erguida no século XVII.

Durante a invasão francesa, em 1710, as tropas de Jean-François Duclerc estavam encurraladas entre a capela e o trapiche (armazém próximo ao cais para depósito e guarda de mercadorias) de propriedade da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência. Para provocar a rendição do inimigo, o então governador Castro Morais ordenou o incêndio dos dois prédios. Por alguns anos, tudo ficou em ruínas, até que a Ordem mandou reedificar o trapiche, à época, o mais importante da cidade.

Em 4 de novembro de 1738, a nova capela foi construída no local da antiga para satisfazer o grande número de fiéis. A nova Igreja de São Francisco da Prainha ficou pronta em 1740.

A Igreja ficará aberta a visitação das 9h00 às 11h30 e das 13h00 às 16h00, de segunda a sexta-feira. A Igreja fica na Rua Sacadura Cabral, s/nº, próxima a Praça Mauá. Venha conhecer uma parte da história da Ordem Franciscana Secular do Brasil. Paz e Bem!

Fonte: http://www.ofs.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s